Grande estudo não confirma efeito protetor com consumo moderado de álcool

07/27/2019

Os resultados de um importante estudo genético, publicado na revista científica The Lancet, revelaram não ser verdadeiras as informações de que ingerir um ou dois drinques por dia poderiam proteger as pessoas contra AVC (acidente vascular cerebral). Na realidade, a pressão sanguínea e o risco de AVC aumentam cada vez mais, quanto mais as pessoas bebem.

A pesquisa, que usou dados de uma coorte de 160 mil adultos asiáticos, muitos dos quais não conseguiam ingerir álcool devido à intolerância genética, descobriu que as pessoas que bebem moderadamente, consumindo de 10 a 20 gramas de álcool por dia, aumentam o risco de AVC em 10% a 15%.

O estudo também verificou que, para as pessoas que ingerem muito álcool, consumindo quatro ou mais doses por dia, a pressão sanguínea sobe significativamente e o risco de derrame aumenta em cerca de 35%, segundo o estudo.

 

 Os autores do estudo, ouvidos em uma reportagem do portal Medical Xpress, explicaram que as evidencias genéticas, pelo menos em relação ao AVC, não confirmam um efeito protetor com o consumo moderado de álcool.

 

Estima-se que cerca de 2,3 bilhões de pessoas consumam álcool em todo o mundo, com uma ingestão diária de 33 gramas por dia. Isso equivale aproximadamente a dois copos de vinho de 150 ml, uma garrafa de cerveja grande (750 ml) ou duas doses de destilados de 40 ml.

O estudo enfocou pessoas de ascendência asiática, porque muitas delas têm variantes genéticas que limitam a tolerância ao álcool. Como essas variantes têm efeitos específicos sobre o álcool, mas não afetam outros fatores do estilo de vida, como dieta, tabagismo, status econômico ou educação, eles podem ser usados ​​por cientistas para determinar os efeitos causais da ingestão de álcool.

Os pesquisadores disseram que seria impossível fazer um estudo desse tipo em populações ocidentais, já que quase ninguém tem as variantes genéticas relevantes para intolerância ao álcool. No entanto, eles acreditam que as descobertas sobre os efeitos biológicos do álcool devem ser as mesmas para todas as pessoas em todo o mundo. 


Disponível em <https://medicalxpress.com/news/2019-04-moderate-alcohol-consumption.html> Acessado em 18 de abril de 2019. 


Tenha acesso ao estudo científico realizado: 

Acesso em 23 Mai 2019. Disponível em: https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(18)31772-0/fulltext 

Referências:

 


Millwood IY, Walters RG, Mei XW, Guo Y, et al. Conventional and genetic evidence on alcohol and vascular disease aetiology: a prospective study of 500 000 men and women in China. Lancet. 2019 May 4;393(10183):1831-1842.

 

publicação: sanoficonecta

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean

Av. Othon Gama d'Eça, 900 - sala 903. Florianópolis SC CEP 88015-240

 Fone: 55 48 33241212