O Médico, o Químico e o Curandeiro.

O 1 simpósio "alcaloides heterógenos, xamanismo e terapias sociais" na Universidade da Unisul pode oferecer ao público presente, alunos do curso de naturologia, professores bem como a comunidade que prestigiou esse importante evento, uma visão multi e transdisciplinar sobre uma temática no mínimo polêmica e estimulante para inúmeros outros simpósios. 

O curso de naturologia ao reunir três profissionais de distintas áreas, conseguiu por meio da palestra e mesa redonda quebrar o tabu dessa temática pelo conhecimento de alta qualidade que foi ali oferecido. Esse simpósio fez-me relembrar o primeiro congresso internacional de etnopsiquiatria e psiquiatria transcultural realizado na UFSC, em 1998, onde tive a oportunidade de palestrar e compartilhar meus conhecimentos sobre o xamanismo, etnobotânica e etnofarmacologia, quando de minhas vivências com os povos indígenas do Xingu. 

Naquela época eu ainda  era apenas um aluno de graduação em química. Foi uma oportunidade ímpar a mim oferecida pelo amigo Marcos de Noronha. 

Passados todos esses anos, eis que a vida me proporcionou um outro grande presente: estar no mesmo simpósio com o amigo psiquiatra, em uma mesa redonda compartilhando experiências e debatendo ideias sobre a temática das plantas psicoativas para tratamento a saúde mental e emocional, como a ayahuasca. Outra oportunidade foi estar ao lado de meu amigo Ney Platt, nessa mesa redonda e debate, onde o mesmo apontou a religião afro-brasileira, a umbanda, que pode ser utilizada para o tratamento emocional e espiritual associado ao uso de plantas medicinais em suas ritualísticas de cura e bem estar ao próximo. As três palestras, por cada um proferida em suas respectivas áreas de conhecimento, se complementaram perfeitamente mostrando que não existe uma fronteira formalizada limítrofe para o conhecimento. E isso foi demonstrado no simpósio, de que a ciência acadêmica, assim como a ciência não acadêmica, se entrelaçam proporcionando debates riquíssimos em seus mais diversos pontos de vistas. 

*Universidade Federal do Amazonas -UFAM. Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia de Itacoatiara - ICET

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean

Av. Othon Gama d'Eça, 900 - sala 903. Florianópolis SC CEP 88015-240

 Fone: 55 48 33241212