A Psiquiatria Cultural de Fumikata Noda.

Estamos muito tristes em informar que nosso membro Fumitaka Noda M.D. Ph.D., nascido em 8 de fevereiro de 1948 - faleceu no dia 3 de janeiro de 2019. O colega Funikata Noda foi um líder da Psiquiatria Cultural, em seu país e atuante internacionalmente. Todos nos sentimos profundamente tristes com a morte dele. Nossas profundas condolências vão para sua esposa e filhos.
Prof Tsuyoshi Akiyama e Prof. Chee H. Ng têm apoiado por escrever este obituário.
Fumitaka Noda serviu como ex-presidente do Pacific Rim College of Psychiatrists (PRCP) de 2008 a 2010, e foi membro fundador da Sociedade Japonesa de Psiquiatria Transcultural (JSTP) e da Associação Mundial de Psiquiatria Cultural (WACP).
Ele completou seu curso de medicina na Universidade de Chiba em 1984 e recebeu seu treinamento psiquiátrico clínico no Japão e no Canadá. Dentro de uma década, ele foi promovido a Professor de Psiquiatria na Divisão de Bem-Estar Humano da Universidade de Taisho em 1999, bem como Professor Adjunto do Departamento de Psiquiatria da Universidade de British Columbia em 2000. Ele também foi um acadêmico visitante no National Ochanomizu Women College, Universidade Nacional de Kobe e Universidade McGill. Ele obteve seu PhD (Medicina) pela Universidade de Kochi, Japão em 2005.
O Professor Noda era altamente ativo em muitos órgãos profissionais de psiquiatria internacionalmente. Ele serviu como Presidente do PRCP, Presidente, JSTP, Co-presidente, Associação Mundial de Psiquiatria (WPA), Seção de Psiquiatria Transcultural e membro do Conselho da WACP. Ele foi o Presidente do Congresso, do muito bem-sucedido 13º Encontro de Psiquiatras do Pacific Rim College em Tóquio. Por duas vezes, ele foi presidente do Congresso do JSTP, WPA-TPS e WACP Joint Meeting em Kamakura (2007) e em Yokohama (2002).
Ele publicou amplamente e apresentou em numerosas conferências internacionais no campo da psiquiatria cultural, saúde mental comunitária, reabilitação psiquiátrica e saúde mental de minorias étnicas e migrantes. Uma área importante de seu interesse de pesquisa era o comportamento de busca de ajuda em saúde mental de minorias étnicas.
Fumitaka Noda era um psiquiatra com orientação humanista profunda e atitude progressista. Devido à sua apreciação das perspectivas internacionais, ele criou vários serviços de saúde mental no Japão para populações migrantes e minoritárias. Por sua contribuição para o desenvolvimento de serviços de saúde mental para o japonês canadense em Vancouver, ele recebeu um prêmio do Cônsul Geral japonês em Vancouver em 2000. Ele era apaixonado pela formação de psiquiatria cultural no Japão e no mundo e promoveu o desenvolvimento de carreira em cultura e psiquiatria cultural para psiquiatras.
Ele serviu como consultor da Organização Japonesa para o Emprego de Idosos e Pessoas com Deficiência e do Ministério das Relações Exteriores no Japão. Além disso, ele foi um importante contribuinte para o desenvolvimento de serviços comunitários de saúde mental no Japão, particularmente para aqueles que sofrem de doenças mentais crônicas e aqueles afetados por desastres naturais. Em 2011, ele contribuiu substancialmente para o desenvolvimento de cuidados de saúde mental para as comunidades afetadas pelo terremoto e tsunami de Fukushima.
Seu funeral em janeiro contou com a presença de sua família, muitos amigos e colegas. Como o
tributo lido por sua filha Yuko "Hoje é um dia muito bom para morrer", um poema que ele mesmo
tinha selecionado para o funeral. Sua esposa Masako disse que, embora ele ainda desejasse fazer tanto, ele viveu a vida ao máximo, sempre com vigor, energia e paixão. De fato, Fumitaka Noda deixou um legado maravilhoso para a psiquiatria no Japão e no mundo.
Com a professora Fumitaka Noda, perdemos um grande representante da Psiquiatria Cultural. Que
ele descanse em paz.
Em nome do Conselho da WPA-TPS

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean

Av. Othon Gama d'Eça, 900 - sala 903. Florianópolis SC CEP 88015-240

 Fone: 55 48 33241212